Homossexual denuncia estupro coletivo e tortura em SC?

Um jovem homossexual, de 22 anos, teria sofrido estupro e tortura por 3 homens em Florianópolis (SC), segundo relato da vítima o caso ocorreu na última segunda (31). 

De acordo com o site Marie Claire a polícia está investigando o caso e a identidade do jovem está sendo mantida em sigilo. O crime ganhou repercussão nacional após ser denunciado em uma publicação da página %20%20%20

%20%20
%20
%20
%20%20Ver%20esta%20publicação%20no%20Instagram%20
%20
%20%20%20%20%20%20%20%20%20%20
Uma%20publicação%20partilhada%20por%20Universo%20LGBTQIA+%20??%20(@universolgbti)

%20" target="_blank" rel="noopener">Orgulho LGBTQIA+.

A publicação relata que a vítima teve objetos inseridos no seu ânus, além de frases homofóbicas tatuadas no corpo e sofreu agressões físicas severas antes de ser abandonado na rua.

O caso está sendo investigado na 5ª Delegacia de Polícia da Capital e as primeiras conclusões apontam que o crime teria sido motivado por homofobia.

O jovem está internado em estado grave, de acordo com o NSC Total, ela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Santa Catarina, por meio das Comissões de Direito Homoafetivo e Gênero e do Direito da Vítima.

Recentes

Recomendados